quarta-feira, 15 de abril de 2015





Nossa Homenagem aos Grandes Mestres do Forró I

Imagem: Google




Luiz Gonzaga - Nasceu na cidade de Exu no estado de Pernambuco, foi um músico brasileiro. Sanfoneiro, cantor e compositor, recebeu o título de "Rei do Baião". Foi responsável pela valorização dos ritmos nordestinos, levou o baião, o xote e o xaxado, para todo o país. A música "Asa Branca" feita em parceria com Humberto Teixeira, gravada por Luiz Gonzaga no dia 3 de março de 1947, virou hino do Nordeste brasileiro.


Dominguinhos - Nasceu em na cidade de Garanhuns no estado de Pernambuco, foi um grande músico brasileiro, cantor, compositor e sanfoneiro. Dominguinhos fez grandes parcerias com: Luiz Gonzaga, Nando Cordel, Gilberto Gil e Anastácia. Ele foi o autor de várias composições como: Eu só quero um xodó, Isso aqui tá bom demais, Sete meninas, De volta pro meu aconchego, lamento sertanejo, Eu me lembro e Gostoso demais. Teve em sua formação musical influências de baião, bossa nova, choro, forró, xote e jazz.

Jackson do Pandeiro - Nasceu na cidade de Alagoa Grande no estado da Paraíba, é considerado um dos maiores ritmistas da história da MPB. Em 54 anos de carreira, foi responsável, ao lado de Luiz Gonzaga, pela popularização nacional de canções nordestinas. Seus maiores sucessos são: Sebastiana, Chiclete com banana, O canto da Ema, Um a um, Xote de Copacabana, Isso é que é forró e tantos outros.


Marinês - Nasceu na cidade de São Vicente Férrer no estado de Pernambuco em 16 de novembro de 1935, foi uma cantora brasileira de forró, baião e xaxado, entre outros ritmos. Iniciou a carreira na banda Patrulha de Choque do Rei do Baião, que formou com o marido Abdias e o zabumbeiro Cacau para se apresentar na abertura dos shows de Luiz Gonzaga. Gravou o primeiro disco em 1956, já à frente do grupo Marinês e sua Gente, com o qual se consagrou. A canção que consagrou Marinês foi "Peba na Pimenta", de João do Vale, José Batista e Adelino Rivera, que causou polêmica na época em que foi gravada, devido ao seu duplo sentido. Ela aparece interpretando a canção no filme Rico Ri à Toa de 1957. Marinês morreu em 14 de maio de 2007, aos 71 anos em Recife, de um Acidente Vascular Cerebral. Marinês ficou conhecida como "A Rainha do Xaxado".

Fonte: Google







2 comentários:

  1. Bom dia Wanderley! Gosto demais de forró, e é muito bom ver vc se dedicando nessa mu´sica que é a cara e toda a cultura do nordeste lindo desse Brasil, parabéns pelo trabalho!
    Vim bordar um recadinho para avisar que Hilda's Bordados está com um canal no YouTube! Lá vc pode ver os vídeos da reforma do meu ateliê. Nos próximos vídeos estarei ensinando o "passo a passo" dos meus trabalhos, dá uma olhadinha, você vai gostar! Espero por vc!!
    Deixo aqui meus agradecimentos.
    Bom domingo para vc e sua família!
    Beijos no ♥
    YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCBptH8iCKWtTUr0Mx2fdcTQ
    Blog: http://hildasbordados.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir